Categories
Tutorial Web Wordpress

Criar site com ELEMENTOR, Custom Post-Types e Custom-Fields

Criar site com  ELEMENTOR, Custom Post-Types e Custom-Fields

Neste artigo vou explicar como criar site no WordPress sem utilizarmos temas “Premium”, e só usando 3 plugins – Elementor Pro, CPT UI, ACF5.

Tópicos do artigo:

  • Criar site utilizando Elementor
  • Criar site com CPTUI
  • ACF5 para criar site
  • Mas o que são Post Type?
  • Quais são os Post Types existentes por defeito
  • WordPress Custom Fields
  • Como criar site WordPress de raiz utilizando ELEMENTOR, Custom Post Type UI e Advanced Custom Fields.
  • Criar Custom Post Types
  • Criar uma taxonomia para o nosso post type
  • Campos Personalizados utilizando ACF5
  • Design Livros Archive Page Template
  • Design da página singular do Post Type Livros
  • Criação da página inicial do site
  • Criação da Página de contacto
  • Criar Menu de Navegação
criar site - Screenshot 2020 02 25 at 18 - Criar site com ELEMENTOR, Custom Post-Types e Custom-Fields
Criar site com ELEMENTOR, Custom Post-Types e Custom-Fields

O que vamos fazer

Criar site utilizando Elementor

O Elementor é um plug para edição de páginas, semelhante ao Visual Composer ou Beaver. A versão Pro do ELEMENTOR, permite-nos criar as várias secções de um site, e desta forma criar site completamente personalizado e independente do tema de WordPress instalado e activado.

Criar site com CPTUI

O CPTUI é um plugin que nos permite adicionar Custom Post Types e Custom Taxonomies.

ACF5 para criar site

O ACF é um plugin que nos permite criar campos personalizados para adicionarmos aos post types existentes no nosso site de WordPress

Mas o que são Post Type?

O WordPress tem muitos tipos diferentes de conteúdo e eles são divididos em algo chamado POST TYPES. Um único item é chamado de POST, mas esse também é o nome de um tipo POST TYPE chamado POSTS. Por padrão, o WordPress vem com alguns tipos diferentes de POST TYPES, todos armazenados no banco de dados na tabela wp_posts. 

Quais são os WordPress Post Types existentes por defeito

O WordPress tem por defeito alguns POST TYPES que estão incluídos na instalação de qualquer WordPress, a não ser que sejam removidos manualmente, mas os diferentes tipos por defeito são:

  • Posts
  • Pages
  • Attachments
  • Revisions
  • Navigation Menus
  • Custom CSS
  • Changesets

Mas há vezes que estes post Types não são suficientes para as nossas necessidades. Como por exemplo, temos um catálogo de livros e queremos um post type chamados livros com parâmetros específicos para este tipo de post – nome, nº de páginas, autor, data de publicação, etc.

As taxonomias são utilizadas para agrupar diferentes tipos de post ou diferentes post types. O WordPress tem duas taxonomias muito populares que as pessoas usam regularmente: Categorias e Etiquetas ou Tags. Mas pudemos criar outras. No nosso exemplo do catálogo de livros, podemos criar uma taxonomia específica para os livros, exemplo – Género.

WordPress Custom Fields

Ao criarmos o nosso post type Livros, quando vamos adicionar um novo livro, queremos ter campos específicos para este tipo de post, como falei anteriormente, nº páginas, data de publicação, etc.

O WordPress tem a capacidade de permitir aos autores de POSTS TYPES atribuir campos personalizados a uma POST TYPE. Essas informações extras arbitrárias são conhecidas como metadados.

Para adicionar um campo personalizado utilizamos o plugin ACF5, e alteramos os parâmetros de acordo com as nossas necessidades.

Como criar site WordPress de raiz utilizando ELEMENTOR, Custom Post Type UI e Advanced Custom Fields.

Preparação do site

Antes de qualquer coisa precisamos de ter os nossos plugin instalados.

Vamos ao menu Plugin, carregamos adicionar novo, e na caixa de procura escrevemos:

  • ELEMENTOR

quando aparecer, instalar e ativar.

Depois no menu plugin, carregamos adicionar novo, na caixa de procura escrevemos:

quando aparecer, instalar e ativar.

Agora é a vez de instalarmos  ACF, utilizamos o mesmo método que usamos anteriormente, ir menu plugin, adicionar novo e na caixa de search procurar:

quando aparecer, instalar e ativar.

O último plugin que precisamos é o ELEMENTOR PRO. Para o instalarmos basta ir ao menu plugin, carregar adicionar novo, na parte superior da nova janela carregamos em carregar ficheiro, e selecionamos o nosso plugin e carregamos e instalar e depois no menu plugin e plugin instalados, procurar Elementor Pro e ativar.

Temos de ter uma licença da versão pro do Elementor para conseguirmos fazer parte deste tutorial.

criar site - Screenshot 2020 02 25 at 18 - Criar site com ELEMENTOR, Custom Post-Types e Custom-Fields
Criar site com ELEMENTOR, Custom Post-Types e Custom-Fields

O que vamos fazer

Para criar site vamos querer um catálogo de livros, e quando carregamos em cada livro, vamos para uma página que contém os pormenores deste post singular.

Temos de criar um Post Type – Livros, e criar alguns campos personalizados para este Post Type. vamos criar também uma taxonomia específica para os Post Types Livros, vamos chamar-lhe – Género. Depois vamos criar um archive template e single post template  para o Post Type Livros.

Finalmente, vamos criar uma página inicial do nosso site -Homepage, e uma página de contacto, depois vamos criar um header para navegarmos no nosso site..

 

Criar Custom Post Types

Depois de definirmos o que queremos, a primeira coisa a fazer é criarmos o nosso Post Type LIVROS.

Para isso na nossa sidebar do nosso backoffice do nosso site, vamos ao menu CPT UI, e selecionamos add/edit post Types. Somos levados para um novo quadro que nos permite criar e configurar o nosso novo post type.

Começamos por preencher Post Type Slug, Plural Label e Singular Label. Depois, na realidade, não há muito mais que tenhamos que preencher a não ser que queiramos personalizar o nosso post type. O Additional Labels, permite-nos alterar os textos dos vários labels deste post type, e depois temos a janela dos settings, mais no final da página, que nos permite alterar algumas características de comportamento do post type. Nesta secção há um campo que vamos querer mudar – Has Archive , alterar para true. Para finalizar, vamos ao final da página e carregamos Add Post Type.

criar site - Screenshot 2020 02 25 at 17 - Criar site com ELEMENTOR, Custom Post-Types e Custom-Fields
Criar site com ELEMENTOR, Custom Post-Types e Custom-Fields

Criar uma taxonomia para o nosso post type

Agora que criamos o nosso post type, precisamos uma forma de agrupar os nossos livros por gênero, para isso vamos ao nosso plugin CPTUI e no menu selecionamos Add/Edit Taxonomies. No novo quadro queremos preencher:

  • Taxonomy Slug
  • Plural Label
  • Singular Label
  • Attach to post type e selecionamos Livros.

A função Attach To Post Type permite-nos conectar a taxonomia que estamos a criar a um ou mais post types. no nosso caso só queremos os Post Type Livros.

Campos Personalizados utilizando ACF5

Temos quase os nossos custom Post Type livros configurado, agora só nos falta adicionarmos campos personalizados ao “formulário” de criação de no livro.

De uma forma muito simples vamos criar 3 campos personalizados:

  • autor do tipo texto
  • ano de publicação do tipo data
  • nº de páginas do tipo número

Para criarmos campos personalizados no WordPress, temos de ir ao menu da nossa Sidebar e selecionamos Custom Fields, carregamos Add New. No novo quadro vamos começar por dar um titulo ao nosso grupo de campos personalizados, este nome só é visível para os administradores.

Na secção abaixo carregamos em Add Field. No campo que criamos preenchemos o Filed Label e Field Type. Carregamos outra vez em Add Field e adicionamos um novo campo personalizado.

Na secção Location, definimos onde queremos que estes campos apareçam. Nós selecionamos POST TYPE EQUAL LIVROS. Carregamos em publicar, e já está. Se na barra lateral formos a Livros e Adicionar Novo, podemos ver os novos campos personalizados nesta página.

criar site - Screenshot 2020 02 25 at 17 - Criar site com ELEMENTOR, Custom Post-Types e Custom-Fields
Criar site com ELEMENTOR, Custom Post-Types e Custom-Fields

Design Livros Archive Page Template

Chegou a hora de começarmos a criar as várias páginas para do nosso site WordPress. Para isso vamos à nossa Sidebar e carregamos em Templates, e selecionamos Add New.

No novo quadro começamos por seleccionar o tipo de template que queremos criar, e selecionamos Archive, de seguida preenchemos o nome que queremos dar a este template, eu escrevi Livros Archive Template, e carreguei Create Template.

criar site - Screenshot 2020 02 25 at 17 - Criar site com ELEMENTOR, Custom Post-Types e Custom-Fields
Criar site com ELEMENTOR, Custom Post-Types e Custom-Fields

Quando chegamos à nova janela pela primeira vez é nos mostrado um quadro com a biblioteca de blocos que podemos usar, mas nós vamos fazer manualmente. Carregamos no x que está no canto superior direito.

No quadro do lado esquerdo onde temos os diversos Widgets que o Elementor nos proporciona, procuramos pela secção PRO e arrastamos o Widget Posts para a janela do lado direito. Carregamos no no canto superior direito do Widget em Edit Posts, para podermos editar este Widget. Na barra lateral, onde diz Edit Posts, podemos alterar e configurar o nosso Widget Às nossas necessidades. Se procurarmos a secção Query , no Tab Content, podemos escolher que tipo de Post Types nos são mostrados, nós selecionamos Livros, e voilá!, os nossos livros são nos mostrados. Podemos dedicarmos um pouco mais de tempo ao design da nossa página de arquivo, adicionando um título e outros elementos que temos disponíveis.

Neste quadro podemos também definir o tamanho da imagem do nosso livro e que elementos são nos mostrados.

Quando estivermos satisfeitos com o nosso layout, carregamos em PUBLISH e adicionamos a condição de exibição deste template, isto é, quando e onde queremos que este template seja mostrado. Nós procuramos Arquivo Livros.

Assim, sempre que o arquivo de livros seja chamado, a layout que nos vai ser mostrado é o que construímos agora.

 

Design da página singular do Post Type Livros

O último template que temos de criar para o nosso post type é o template de exibição da página singular.

Como o procedimento que fizemos anteriormente, vamos a Templates, Add New, e no quadro que nos é apresentado, no tipo de template selecionamos Single, depois selecionamos que Post Type nós queremos associar ao nosso template, nós escolhemos Livros,  de seguida damos o nome ao nosso template, vou lhe chamar Livros Single e carregamos em Create Template.

Na nova janela é nos mostrado a biblioteca de blocos já prontos a serem usados, mas vamos ignorar este quadro, carregando no x no canto superior direito.

Os principais Widgets para usarmos na construção deste template estão na primeira secção que diz SINGLE. Se observarmos com atenção estes Widgets, percebemos que temos praticamente tudo o que necessitamos para a criação do nosso Single Livro Template.

criar site - Screenshot 2020 02 25 at 17 - Criar site com ELEMENTOR, Custom Post-Types e Custom-Fields
Criar site com ELEMENTOR, Custom Post-Types e Custom-Fields

Vamos começar por adicionar Post Title, depois adicionamos a Feature Image, de seguida adicionamos, Post Content, e para finalizarmos as informações do nosso Livro adicionamos o Widget Post Info, que nos vai permitir adicionar os Custom Fields que criamos anterior ao nosso Single Template, de forma que os utilizadores do site os possam ver. Para finalizar carregamos em Publicar e adicionamos a condição que vai dizer onde queremos que este template seja mostrado, nós selecionamos IncludeLivros e All, e carregamos Save and Close.

 

Criação da página inicial do site

Para criar os página inicial do site o procedimento não poderia ser mais simples, como qualquer processo de criação de páginas no WordPress. Vamos à sidebar, procuramos o menu Pages e carregamos em Add New, quando vamos para a nova janela, há alguns campos que temos de ter atenção e preencher:

  • Adicionar Título
  • Widget Atributos da Página, em modelo por omissão, selecionar e escolher Elementor full width
  • adicionamos uma feature Image (imagem de destaque) à nossa página

Fazemos Save Draft, e carregamos em Edit With Elementor.

criar site - Screenshot 2020 02 25 at 18 - Criar site com ELEMENTOR, Custom Post-Types e Custom-Fields
Criar site com ELEMENTOR, Custom Post-Types e Custom-Fields

Agora podemos criar a página ao nosso gosto, adicionamos os Widgets que vão conter a informação que queremos.

Vamos começar por adicionar:

  • Título
  • Image para criarmos um banner inicial da página
  • Na secção Pro adicionamos POSTS e selecionamos os nossos livros, na secção Query.

Depois continuamos a adicionar elementos à nossa página de forma que fique com os conteúdos que pretendemos.

Criação da Página de contacto

A criação desta página é muito semelhante à criação da nossa página inicial. Nesta página vamos adicionar um mapa, um formulário, botões de redes sociais, uma caixa de texto com algum conteúdo e os nossos contactos ou outras informações que queiramos ter expostas nesta página.

Carregamos no menu lateral em Pages e Add New Page. Adicionamos um nome à nossa página, Contactos, depois na barra lateral direita, na seção Atributos da Página, onde está modelo por omissão selecionamos Elementor Full Width, carregamos em save draft e depois pressionamos Edit with Elementor.

Na nova janela, que é o nosso editor de páginas, vamos aos Widgets do Elementor e adicionamos os elementos que vão construir a nossa página. Por vezes é mais simples, criarmos um esquema da nossa página, isto é, adicionamos os elementos todos, dispo-los de acordo com o design estipulado, e só depois é que vamos alterar os conteúdos e ajustes de design- cor de texto, paddings, etc.

Começamos por adicionar:

  • Título
  • uma seção com 2 colunas, na coluna do lado direito adicionamos um editor de texto e do lado esquerdo uma imagem
  • adicionamos outra secção abaixo da anterior onde vamos colocar o mapa Google Maps
  • depois adicionamos uma nova secção com duas colunas, na coluna do lado esquerdo adicionamos um título e um editor de texto, e do lado direito adicionamos um widget de formulário, basta procurar nos nossos Widgets FORM.

Neste momento temos o layout base da nossa página de contacto construído, vamos começar a alterar os valores.

Para termos o Google Maps a funcionar temos de criar um API Key ( Application Programming Interface) junto do Google Maps para o podermos usar.

Outro widget que queria falar um pouco mais é o FORM. Este é um widget padrão do Elementor que nos permite construir formulários de uma forma muito simples e user friendly.

criar site - Screenshot 2020 02 25 at 18 - Criar site com ELEMENTOR, Custom Post-Types e Custom-Fields
Criar site com ELEMENTOR, Custom Post-Types e Custom-Fields

Se selecionarmos este widget, na nossa barra lateral esquerda temos 3 grandes Tabs – Content, Style e Advance. Estas 3 seções estão directamente relacionadas com o widget selecionado. De widget para widget este quadro altera-se.

Na primeira seção, temos no topo FORM FIELDS, aqui adicionamos, apagamos e alteramos os campos do nosso formulário. Podemos definir que tipo de conteúdo tem cada campo, se é um texto, um url, um número, etc.

Na secção Submit Button, alteramos o conteúdo do nosso botão.

Talvez uma das secções que eu acho mais interessantes é a Actions After Submit, que é o que nos permite configurar o envio do nosso formulário.

Se carregarmos no campo Add Action, vai nos ser mostrado uma série de opções de comportamento que queremos que o site tenha após carregar no botão do formulário. desde o envio de email para o administrador do site e para o subscritor, podemos redirecionar o utilizador para uma outra página, como por exemplo uma página de agradecimento, podemos ligar o formulário a uma conta de Slack ou Discord, há uma variedade de opções para nos ajudar a gerir os nossos formulários. 

As seções que aparecem depois estão relacionadas com os comportamentos que selecionarmos, se adicionarmos Email, vai no aparecer uma secção Email que nos permite configurar o envio de formulário.

No Tab Style, podemos alterar o estilo do nosso formulário, deste tipo de letras a cor dos botões.

No Tab Advance, permite-nos alterar alguns atributos do nosso widget, como exemplo: Margin, Paddings, Border, comportamento de acordo com ecrã, Custom CSS, entre outros.

Depois de alterarmos os diversos widgets ao nosso “gosto”, carregamos em publicar para publicarmos a nossa página de contactos.

 

Criar Menu de Navegação

Para criarmos o menu de navegação do nosso site há algumas coisas que temos de fazer:

  • criar o menu
  • design do menu
  • criar condições onde queremos ver o nosso menu

Para começar vamos ao backoffice do nosso site e no menu Apresentação carregamos em Menus. Se não tivermos nenhum menu até ao momento criado, é nos pedido para criar um. Basta escrever o nome que queremos dar ao nosso menu e pressionamos Criar Menu.

Agora no widgets do lado direito, vamos a Páginas e procuramos a nossa página inicial e a página de contactos e adicionarmos ao menu, e no canto inferior direito carregamos em Guardar Menu.  E temos o nosso menu criado.

criar site - Screenshot 2020 02 25 at 17 - Criar site com ELEMENTOR, Custom Post-Types e Custom-Fields
Criar site com ELEMENTOR, Custom Post-Types e Custom-Fields

Agora vamos ao sidebar do nosso backoffice e em Templates carregamos em Add New. Selecionamos Header e damos um nome para facilitar a nossa organização. Quando carregamos create menu, somos levados para a janela de edição de páginas do Elementor, que já conhecemos. Poderíamos escolher um template da biblioteca que nos é apresentada, mas vamos criar um de raiz.

Carregamos no x no canto superior direito, e na janela principal carregamos no + que está dentro da bola “Rosa”, no quadro no que nos permite criar um layout para a nossa secção, neste caso carregamos na segunda opção que nos cria uma secção com duas colunas. Uma para o logo do site e outra para o nosso Menu.

criar site - Screenshot 2020 02 25 at 17 - Criar site com ELEMENTOR, Custom Post-Types e Custom-Fields
Criar site com ELEMENTOR, Custom Post-Types e Custom-Fields
criar site - Screenshot 2020 02 25 at 17 - Criar site com ELEMENTOR, Custom Post-Types e Custom-Fields
Criar site com ELEMENTOR, Custom Post-Types e Custom-Fields

Para isso, após criarmos a nossa secção, vamos aos Widgets e adicionamos uma imagem, utilizando o Widget Image da seção BASIC, e adicionamos também Nav Menu da seção SITE. Nas opções do Nav Menu podemos selecionar que menu nós queremos que esteja associado a este widget, onde diz Menu, selecionamos os nosso menu.

Ajustamos o layout do menu do nosso site de acordo com o nosso gosto utilizando as várias secções de cada widget até alcançarmos o pretendido.

No final, quando estivermos contentes, carregamos em Publish, e escolhemos a condição que queremos ver definida para a visualização deste menu, onde queremos que ele apareça, e selecionamos Entire Site.

A única coisa que nos falta é definirmos a página inicial do nosso site, criamos a página mas não dissemos ao WordPress que aquela página é a nossa Homepage. Para isso vamos a Ferramentas, na sidebar do nosso dashboard, e selecionamos Leitura, logo a primeira secção permite nos selecionar a página que queremos ter com página inicial, selecionamos Uma Página Estática, e onde diz pagina Inicial selecionamos a pagina inicial que construímos. No final guardamos as nossas alterações.

criar site - Screenshot 2020 02 25 at 17 - Criar site com ELEMENTOR, Custom Post-Types e Custom-Fields
Criar site com ELEMENTOR, Custom Post-Types e Custom-Fields

Agora visitamos o nosso site e podemos ver a nossa página inicial com o menu que criamos, que podemos utilizar para navegar entre as diversas páginas.

Obrigado pela o vosso tempo, se tiverem dúvidas como criar site utilizando o WordPress, por favor deixem na caixa de comentários.

 

Categories
Marketing Digital

O que é o Marketing Digital ?

O que é o Marketing Digital?

Oiço muitas vezes a mesma pergunta, o que é “marketing digital?“, por isso lembrei me de escrever este artigo.

O marketing digital abrange todos os esforços de marketing que usam um dispositivo eletrônico ou a Internet. As empresas utilizam canais digitais, como mecanismos de pesquisa, redes sociais, email e outros ferramentas, para se conectar com clientes atuais e potenciais.

Porquê o Marketing Digital?

Embora o marketing tradicional possa existir em anúncios impressos, comunicação por telefone ou marketing físico, o marketing digital ocorre eletronicamente e online. Isso significa que existem inúmeras possibilidades para marcas, incluindo e-mail, vídeo, redes sociais ou oportunidades de marketing baseadas em sites e em ferramentas online.

Com o marketing digital existem muitas opções e estratégias que podemos aplicar, podemos ser criativos e experimentar várias táticas de marketing dentro do nosso orçamento. Com o marketing digital, também pode usar ferramentas como painéis de análise para monitorar o sucesso e o ROI das suas campanhas digitais, algo que é difícil medir no conteúdo promocional tradicional – como um outdoor, um anúncio impresso ou uma publicidade na televisão

Alguns exemplos de marketing digital:

  • Otimização para motores de busca (SEO)
  • Marketing de conteúdo
  • Social Media Marketing
  • Pay Per Click
  • Email Marketing

De uma forma muito resumida vou tentar falar um pouco de cada um dos exemplos de marketing digital que enumerei anteriormente.

 

marketing digital - apple devices books business coffee 572056 750x536 - O que é o Marketing Digital ?

Otimização para motores de busca – SEO

Este é o processo de otimizar o seu site para “obter uma classificação” mais alta nas páginas de resultados dos mecanismos de pesquisa, aumentando assim a quantidade de tráfego orgânico (ou gratuito) que seu site recebe. Os canais que se beneficiam do SEO incluem sites, blogs e infográficos.

Dentro do SEO há 3 tipos de otimização que normalmente trabalham em conjunto para otimizar a posição de um site ou serviço.

  • On Page SEO – relacionado directamente com o conteudo existente no site
  • Off Page SEO – está relacionado com as ligações externas ao site e a qualidade delas(ex. Backlinks)
  • Technical SEO – É o processo mais técnico que envolve compressão de imagens, otimização do código, etc, basicamente todos os aspectos técnicos relacionados com código e backend de um site.

Marketing de Conteúdo

Este termo implica a criação e promoção de conteúdo com o objetivo de gerar reconhecimento da marca, crescimento do tráfego, geração de leads e clientes. Os canais que podem fazer parte da sua estratégia de marketing de conteúdo incluem:

  • Blog
  • Infográficos

Social Media Marketing

Esta prática promove a sua marca e o seu conteúdo nos canais de redes sociais para aumentar o reconhecimento da marca, direcionar tráfego e gerar leads para seus negócios. Os canais que você pode usar no marketing de mídia social incluem:

  • Facebook.
  • Twitter.
  • LinkedIn.
  • Instagram.
  • Snapchat.
  • Pinterest.

marketing digital - business charts commerce computer 265087 750x536 - O que é o Marketing Digital ?

Pay Per Click(PPC)

O PPC é um método de direcionar tráfego para seu site, pagando a um editor toda vez que é seu anúncio é “clicado”. Um dos tipos mais comuns de PPC é o Google Ads, que permite pagar pelos principais espaços nas páginas de resultados dos mecanismos de pesquisa do Google a um preço “por cada clique”, nos links que coloca.

Outros canais onde podemos usar o PPC incluem:

  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin

Email Marketing

As empresas usam o email marketing como uma maneira de comunicar com seus públicos. O mail é frequentemente usado para promover conteúdo, descontos e eventos, além de direcionar as pessoas para o site da empresa. Os tipos de mails pode enviar numa campanha de email marketing podem incluir:

  • Artigos do blog.
  • Mails de acompanhamento para visitantes do site que assinaram algo.
  • Mails de boas-vindas do cliente.
  • Promoções de férias para membros do programa de fidelidade.
  • Dicas ou mails de curiosidades para atrair novos clientes.

marketing digital - person holding blue ballpoint pen on white notebook 669610 750x536 - O que é o Marketing Digital ?

Automatismos no marketing digital

Há muitos dos processos descritos de podem e devem ser automatizados, como exemplo, no email marketing podemos dividir listas de pessoas de acordo com o comportamento que tiveram, se abriram o mail enviado, se clicaram em algo, se foram ao site, etc, e de acordo com esse comportamento temos uma acção diferente, permitindo-nos direcionar as campanhas de marketing digital aos nossos públicos alvo. Há também ferramentas que nos permitem automatizar a publicação de artigos nas redes sociais, permitindo-nos poupar tempo diário na criação e publicação de conteúdo para outras tarefas. Outra ferramenta de automatização são os chatbots, porque permitem-nos automatizar uma série de acções de acordo com os comportamentos do utilizador, normalmente funciona bem nas redes sociais, quando uma pessoa interage com uma publicação o “bot” pode ser acionado, proporcionando uma conversa quase natural com quem interage.

Para terminar quero falar de Inbound Marketing, que é mais uma metodologia de marketing, em que se atrai, envolve e encanta clientes em todas as etapas da jornada do comprador. Podemos usar todas as táticas de marketing digital listadas acima, numa estratégia de Inbound Marketing, para criar uma experiência do cliente que funcione com o cliente, e não contra ele. Aqui estão alguns exemplos clássicos de Inbound Marketing versus Marketing Tradicional:

  • Blogs x anúncios pop-up
  • Marketing de vídeo x publicidade comercial
  • Listas de contatos de email vs. spam de email

 

Se quiserem saber mais sobre os serviços de Marketing Digital e Inbound Marketing que ofereço, consultem aqui

 

Categories
Alojamento/Hosting

Endereço IP, o que é?

Endereço IP, o que é?

Endereço IP (Internet Protocol) é o endereço do seu hardware na rede. Ajuda na conexão do seu computador com outros dispositivos à rede da sua empresa ou/e a qualquer parte do mundo. Um endereço IP é composto por números ou caracteres.

Um exemplo de um endereço IP seria: 506.457.14.512

Todos os dispositivos conectados à Internet têm um endereço IP exclusivo, o que significa que são necessários bilhões de endereços IP. Este requisito é cumprido pela nova versão IP – IPv6.

Existem duas versões de IP: IPv4 e IPv6. IPv4 é a versão mais antiga, com um espaço de mais de 4 bilhões de endereços IP. No entanto, a nova versão do IPv6 pode fornecer até trilhões de endereços IP para atender à necessidade de todos os utilizadores e dispositivos da Internet.

A versão IPv4 usada para configurar endereços IP em valores numéricos (números) que podem entrar em conflito com outros endereços IP. Por isso, o IPv6 adotou o método hexadecimal para fornecer endereços IP exclusivos a bilhões de usuários no mundo.

Exemplo de um endereço IP IPv6 seria:

4ggr: 1925: 5656: 7: 600: t4tt: tc54: 98vt

Existem alguns tipos de endereços IP, como endereços IP privados, endereços IP públicos, endereços IP estáticos e endereços IP dinâmicos. Vamos falar sobre esses diferentes tipos de endereços IP, um por um:

Endereço IP privado

Um endereço IP privado é o endereço do seu dispositivo conectado a uma rede doméstica ou comercial. Se tiver alguns dispositivos diferentes conectados a um ISP (Internet Service Provider), todos os seus dispositivos terão um endereço IP privado exclusivo. Este endereço IP não pode ser acessado a partir de dispositivos fora da sua rede doméstica ou comercial.

Por exemplo: 192.168.1.1

Os endereços IP privados não são exclusivos porque há um número limitado de dispositivos na sua rede.

Pode descobrir o endereço IP privado do seu dispositivo usando algumas técnicas. Se é um um utilizador do Windows, basta ir ao prompt de comando e digite o comando ipconfig. Se é utilizador de Mac, precisa digitar o seguinte comando ifconfig no seu aplicativo Terminal.

Endereço IP público

O seu endereço IP público é o principal endereço IP ao qual sua rede doméstica ou comercial está conectada. Esse endereço IP conecta-o ao mundo e é exclusivo para todos os utilizadores.

Para descobrir o seu endereço IP público, basta acessar o site WhatsMyIp no seu navegador e ele exibirá o IP público e outras informações do navegador.

Se estiver a utilizar a Internet num telemóvel, poderá aceder às configurações de Wi-Fi para descobrir o endereço IP. Os usuários do iOS podem encontrar o endereço IP carregando no botão “i“ ao lado da rede à qual está ligado. Os utilizadores do Android podem clicar no nome da rede nas suas configurações de WiFi e ele mostrará o seu endereço IP.

 

Endereços IP estáticos e dinâmicos

Todos os endereços IP públicos e privados podem ser estáticos ou dinâmicos. Os endereços IP configurados manualmente na rede do seu dispositivo são chamados endereços IP estáticos. Os endereços IP estáticos não podem ser alterados automaticamente.

O endereço IP dinâmico é configurado automaticamente e atribui um IP à sua rede quando configurar o router com  Internet. Essa distribuição de endereços IP é gerenciada pelo DHCP (Dynamic Host Configuration Protocol). 

Endereço IP, o que é? O meu computador endereço ip, - light smartphone macbook mockup 67112 1024x681 - Endereço IP, o que é?
Endereço IP, o que é? O meu computador

 

Um endereço IP estático facilita o acesso remoto ao seu computador, para que possa se aceder a arquivos, usar programas, ajustar configurações e por assim adiante. Precisará de um IP estático se quiser hospedar seu próprio site, em vez de o servidor de outra pessoa o hospedar.

A grande maioria dos recursos da Internet funciona sem IPs estáticos, incluindo navegação na Web, envio e recebimento de emails, streaming de vídeo e voz sobre IP (VoIP). No entanto, pode precisar de IPs estáticos se um ou mais desses cenários se aplicar a si:

  • Mantém seu próprio servidor da Web ou outro servidor da Internet, como um servidor de email, que requer que os usuários se conectem a partir da Internet.
  • Possui dispositivos ou serviços externos que devem se conectar à sua rede por meio do endereço IP (por exemplo, 74.125.224.72) e não por nome (por exemplo, google.com).
  • Usa uma VPN ou outro serviço para conectar-se remotamente aos computadores da sua empresa.

Em muitos casos, pode alojar um servidor numa conexão com a Internet sem IPs estáticos utilizando o DNS Dinâmico. Com o DNS dinâmico, quando seu endereço IP é alterado, a sua entrada DNS é atualizada automaticamente com seu novo endereço IP.

 

Se necessitar de um endereço IP estático para o seu site ou servidor, empresas de serviços como a PTServidores ou Iberweb, têm soluções para as suas necessidades de alojamento.

Para saber mais sobre alojamento de sites e endereços IP leia estes artigos:

O que é um servidor DNS e que influência tem no nosso website?

4 Melhores Hostings de Sites WordPress

 

Categories
Alojamento/Hosting Sem categoria

O que é um servidor DNS e que influência tem no nosso website?

O que é um servidor DNS?

Quando os utilizadores digitam nomes de domínio na barra de URL do navegador, os servidores DNS são responsáveis ​​por converter esses nomes de domínio em endereços IP numéricos, levando-nos ao site correto.

O que é um servidor DNS?

O sistema de nomes de domínio (DNS – Domain Name System) é a lista telefônica da Internet. Quando os utilizadores digitam nomes de domínio como “google.com” ou “nytimes.com” ou “pdavim.com” nos navegadores de Web, o DNS é responsável por encontrar o endereço IP correto para esses sites. Os navegadores usam estes endereços para comunicar com os servidores de origem para aceder às informações do site. Basicamente, um servidor DNS é um servidor que contém um banco de dados de endereços IP públicos e os nomes dos host associados e, na maioria dos casos, serve para resolver ou converter esses nomes em endereços IP, conforme solicitado.Tudo isso acontece graças aos servidores DNS: máquinas dedicadas a responder a consultas DNS.

O que é um servidor?

Um servidor é um dispositivo ou programa dedicado a fornecer serviços para outros programas, chamados de “clientes”. Os clientes DNS, integrados aos sistemas operacionais móveis e de desktop mais modernos, permitem que os navegadores da Web interajam com os servidores DNS.

Como é que os servidores DNS resolvem uma consulta DNS?

Numa consulta DNS típica sem armazenamento em cache, existem quatro servidores que trabalham juntos para fornecer um endereço IP ao cliente: resolvedores recursivos, servidores de nomes raiz, servidores de nomes de TLDs e servidores de nomes autorizados.

O DNS recursor (também conhecido como DNS resolver) é um servidor que recebe a consulta do cliente DNS e depois interage com outros servidores DNS, à procura do IP correto. Depois que o resolvedor recebe a solicitação do cliente, consulta de seguida os outros três tipos de servidores DNS em busca do IP correto.

dns-lookup-diagram dns - dns lookup diagram - O que é um servidor DNS e que influência tem no nosso website?
dns-lookup-diagram

 

Primeiro, o DNS resolver consulta o servidor de nomes de raiz. O servidor raiz é a primeira etapa na tradução (resolução) de nomes de domínio legíveis por humanos em endereços IP. O servidor raiz responde ao DNS resolver com o endereço de um servidor DNS de domínio de primeiro nível (TLD) (como .com ou .net) que armazena as informações de seus domínios.

Em seguida, o DNS resolver consulta o servidor do TLD. O servidor do TLD responde com o endereço IP ou o servidor de nomes autorizado do domínio. O DNS resolver consulta o servidor de nomes, que responderá com o endereço IP do servidor de origem.

O DNS resolver finalmente passará o endereço IP do servidor de origem de volta ao cliente. Usando esse endereço IP, o cliente pode iniciar uma consulta diretamente no servidor de origem e responderá enviando dados do site que podem ser interpretados e exibidos pelo navegador.

O que é cache?

Além do processo descrito acima, os resolverers recursivos também podem resolver consultas DNS utilizando dados em cache. Após recuperar o endereço IP correto para um determinado site, o resolvedor armazenará as informações em cache por um período limitado de tempo. Durante esse período, se outros clientes enviarem solicitações para esse nome de domínio, o resolvedor poderá ignorar o processo típico de pesquisa de DNS e simplesmente responder ao cliente com o endereço IP salvo no cache.

Depois que o limite de tempo de armazenamento em cache expirar, o resolvedor deverá recuperar o endereço IP novamente, criando uma nova entrada em cache. Esse limite de tempo, chamado de tempo de vida (TTL), é definido explicitamente nos registros DNS de cada site. Normalmente, o TTL está no intervalo de 24 a 48 horas. Um TTL é necessário porque os servidores de Web ocasionalmente alteram seus endereços IP, para que os resolverers não possam servir o mesmo IP do cache indefinidamente.

O que acontece quando os servidores DNS falham?

Os servidores DNS podem falhar por vários motivos, como falta de energia, ataques cibernéticos e mau funcionamento do hardware. Nos primeiros dias da Internet, as interrupções no servidor DNS tinham um impacto relativamente grande. Felizmente, hoje há muita redundância embutida nos DNSs. Por exemplo, existem muitas instâncias dos servidores DNS raiz e servidores de nomes de TLDs, e a maioria dos ISPs possui resolverers recursivos de backup para seus utilizadores. (Utilizadores individuais também podem usar resolverers de DNS públicos, como o 1.1.1.1 do Cloudflare.) .

No caso de uma grande interrupção do servidor DNS, alguns utilizadores podem sofrer atrasos devido à quantidade de solicitações que são tratadas pelos servidores de backup, mas seria necessário uma interrupção do DNS de proporções muito grandes para tornar indisponível uma parte significativa da Internet. (Isso realmente aconteceu em 2016, quando o provedor de DNS Dyn sofreu um dos maiores ataques DDoS da história). A Cloudflare oferece um serviço de DNS gerenciado que vem com segurança DNS interna, destinada a proteger os servidores DNS de ataques, bem como outras fontes comuns de falha do servidor.

DNS servers, notas finais

Na realidade, quando adquirimos um domínio e alojamento para o nosso site, em empresas como a DOMINIOS.PT, PTSERVIDORES ou IBERWEB, na nossa gestão do domínio podemos aceder, alterar e associar serviços (ex. Cloudflare) ao nosso endereço de DNS, mas não é aconselhado a não ser que tenham os conhecimentos para o fazer. Se surgirem problemas no servidor onde o vosso site seja um site WordPress ou uma webApp, está alojado, a melhor forma de é contactar o administrador do vosso servidor e expor o problema 🙂

Categories
Marketing Digital Recentes Video Marketing

Video marketing , porquê usar na sua estratégia

video marketing - brooke lark cqOZcjOOmRw unsplash 1 1024x683 - Video marketing , porquê usar na sua estratégia
Video Marketing em 2019

Video marketing , razões para implementar

Video marketing  é usar o video para aumentar a interação dos utilizadores nos seus canais digitais, website e redes sociais promovendo o seu produto ou serviço.

Utilizar a produção video para destacar o seu site, app ou serviço é uma forma criativa de ajudar a sua empresa a se diferenciar no mercado. Agência de produção audiovisual têm como função criar conteúdo que traz valor para a sua empresa.

Indice do artigo


video marketing - sam mcghee KieCLNzKoBo unsplash 300x169 - Video marketing , porquê usar na sua estratégia
Video Marketing em 2019

Porque preciso de uma agência de produção video em 2019?

Hoje, as agências de marketing e de produção audiovisual focam-se em diversas áreas de actuação – broadcasting, brand marketing, video marketing em 2019 e produção de conteúdos.

 

O broadcasting é toda a área de televisão. Desde produção de anúncios e campanhas audiovisuais destinadas a grandes massas, a produção de conteúdos como documentários, series, etc.

Brand Marketing é uma área onde as agências de produção audiovisual têm crescido. A função principal do brand marketing é desenvolver teorias e tácticas com o objectivo de criar uma marca forte. Hoje as agências concentração grande parte dos recursos na produção de websites para empresas, lojas online, e, no desenvolvimento e implementação de estratégias de marketing digital, mas cada vez mais procuram oferecer o video com parte da estratégia de marketing de uma marca. (Otimização para motores de busca, gestão de Google Ads, gestão de Facebook ads e Instagram ads)

Video Marketing e Produção de conteúdos em video, são duas áreas ligadas directamente, não razão para produzir um video senão não houver uma estratégia para a promoção e utilização dessa produção audiovisual. Hoje em dia, o conteúdo video tem mais probabilidade de ser partilhado pelo utilizador. A facilidade de passarmos a nossa mensagem, seja um video de divulgação de um produto ou de apresentação da sua empresa, seja pela facilidade de medirmos a interação com a nossa campanha em video, a produção audiovisual é uma ferramenta essencial para a divulgação da sua mensagem nas redes sociais, em campanhas de ads ou por exemplo numa feira onde mostra os seus produtos e serviços.

As empresas especializadas na produção video e video marketing, oferecem soluções e “know how” necessário para a implementação de uma estratégia de marketing digital para o seu video.

Em resumo, sem duvida, o video é uma necessidade da comunicação da sua empresa!


video marketing - kelly sikkema ElF7K4IWcGQ unsplash 1024x657 - Video marketing , porquê usar na sua estratégia
Video Marketing em 2019

10 Ideias de produção video para todos

Antes de qualquer produção video, a primeira coisa a fazer é determinar que tipo de video(s) pretende criar. Veja esta lista para perceber algumas opções.

  1. Videos de demonstração
    • Videos de demonstração mostram como um produto funciona – seja a falar com os seus espectadores acerca das funções da sua aplicação e como a usar ou seja um “unboxing” e colocar o produto fisico em teste.
  2. Videos de marca
    • Videos de marca são normalmente parte de uma campanha de publicidade, mostrando a empresa, missão, produtos ou serviços. O objectivo é criar interesse acerca da sua empresa ou produto, intrigando e atraindo a sua audiência.
  3. Videos de eventos
    • Vai fazer uma conferência, vai dar uma palestra, uma festa da empresa ou outro tipo de evento? Produza um video a mostrar os pontos de destaque desse evento, acrescente entrevistas e apresentações dos participantes.
  4. Videos de entrevistas a especialistas
    • Registar entrevistas com os seus especialistas ou directores da empresa ou industria, é uma otima forma de criar credebilidade e confiança com a sua audiência.
  5. Videos educacionais ou “how to”
    • Videos com instruções podem ser usados para ensinar o seu espectador algo novo ou para aprofundar o seu conhecimento sobre o seu negócio e as suas soluções. Estes videos também podem ser usados pela sua equipa de vendas e de serviços a novos clientes.
  6. Videos explicativos
    • Este tipo de videos são usados para ajudar a sua audiência a perceber melhor a razão de precisarem do seu produto ou serviço. Muitos dos videos explicativos focam-se numa viajem fictícia do cliente padrão da empresa, que está a ter dificuldades com um problema. A pessoa ultrapassa o obstáculo através da adoção ou pela compra do serviço ou produto.
  7. Videos de animação, videos motion graphics ou video de infografia
    • Videos de animação, videos motion graphics ou video de infografia (infographics), são uma ótima forma de “rapidamente” colocar conceitos que necessitam de um visual impactante ou para explicar um serviço ou produto que não existe ainda.
  8. Videos de testemunhos de clientes
    • Quem procura o seu tipo de serviço ou produto quer ter a certeza que o seu produto resolve o seu problema. Uma das melhores maneiras para mostra isso é através de videos que onde os seus clientes satisfeitos falam da sua experiência. Estes clientes são os seus melhores advogados! Ponha-os em frente a uma camara e peça-lhes para descrever os desafios que tinham e como a empresa os ajudou a resolver.
  9. Videos em directo (Live Videos ou video streaming)
    • Videos em directo ( streaming ou live videos), dão ao espectador uma visão especial dos bastidores da sua empresa. Para além de ter uma taxa de ER (engagement rate) bastante elevada. Live videos de entrevistas, apresentações e em ventos, fomentam os espectador a participar e comentar nas questões.
  10. Mensagens Personalizadas
    • Video pode ser uma forma criativa de continuar uma conversa ou acompanhar uma compra. Estes videos criam uma sensação agradável, de momentos únicos para utilizar, e podem ajudar no processo de compra.

video marketing - you x ventures Oalh2MojUuk unsplash 1024x683 - Video marketing , porquê usar na sua estratégia
Video Marketing em 2019

12 Pontos de como planear a sua próxima produção audiovisual

Numa produção audiovisual há bastantes factores a ter em conta. Nesta secção, sem entrar em grande pormenor, vou enumerar, os pontos principais e algumas questões a ter em conta no sua próxima produção vídeo.

  1. Planear o video
    • Que tipo de filme pretende?
    • Porque precisa?
    • Para quem se destina, o seu target audience?
    • Qual o objectivo?
    • O video vai ser um directo ou não?
    • Qual a data de lançamento?
    • Qual o orçamento disponível?
    • Quais? os requisitos criativos e técnicos
    • O que é necessário para que o video seja um sucesso?
  2. Definir os meios de distribuição
    • É para as redes sociais, televisão ou para o website?
    • O formato é horizontal, vertical ou quadrado?
    • Faz parte de uma campanha mais alargada de marketing digital?
    • Há limitações de duração para o seu video impostas pela plataforma?
  3. Criar guião do video
    • Colocar por tópicos os assuntos que pretendemos mostrar
    • Ordenar tópicos de forma a contarem uma história com sentido
    • Desenvolver tópicos de forma telegráfica!, escrita para tv/video é diferente de escrita para papel!
    • Cronometrar o tempo de leitura do guião
  4. Calendarizar cronograma de gravações
    • Depois de termos o nosso guião escrito e termos uma noção mais concreta da duração do nosso filme, temos de fazer a “decopagem” do guião, que é fazer o levantamento das diversas cenas que vão ser gravadas e as necessidades de meios
    • Calendarizamos as nossas gravações conforme as necessidades e não por ordem cronológica do guião.
  5. Definir equipa e meios de produção
    • Definir equipa de gravações
    • Definir equipa de edição, motion graphics, som e de correcção de cor
    • Organizar equipamentos de gravação – camaras, tripés, drones, etc
    • Ver necessidades de deslocações, alimentação, etc
    • Há necessidade de estúdio para gravação?
    • Vou precisar de iluminação? O quê?
    • Vou precisar de estudio de som?
    • Vou precisar de make up e guarda roupa?
  6. Gravar do guião
    • Nesta fase o comboio já está em andamento, a equipa toda junta, gravações planeadas, é só seguir o guião e o cronograma, que tudo irá correr bem,
  7. Editar video “offline” das gravações
    • organização do material gravado
    • escolha de música
    • definir os elementos gráficos que iram aparecer no video
    • edição video
  8. Gravar voz of
    • Muitas vezes há a necessidade de gravar uma voz of que acompanhe o video em vez de depoimentos gravados anteriormente. Analise as suas necessidades
  9. Criar motion graphics e animações
    • animação dos logotipos
    • animação oráculos
    • animação infográficos
  10. Finalizar video
    • neste processo juntamos todos os elementos gráficos, sonoros, correcção de cor, etc., de forma termos um video final
  11. Exportar video
    1. processo final da produção video, que é tornar a nossa timeline, a nossa edição video, num ficheiro que consigamos utilizar nas diferentes plataformas, também conhecido como video encoding.
  12. Upload dos videos para as plataformas e promoção
    • carregar o video para as diferentes plataformas
    • promover recorrendo a anuncios digitais ( Google Ads, Facebook Ads, LinkedIn Ads, etc)

Esta descrição é de uma forma geral as preocupações que se tem de ter numa produção audiovisual. Se achar que não tem tempo, nem recursos para produzir o seu video, contacte uma produtora audiovisual profissional .


video marketing - carl heyerdahl KE0nC8 58MQ unsplash 1024x683 - Video marketing , porquê usar na sua estratégia
Video Marketing em 2019

Porque razão temos de nos focar em video marketing em 2019?

Definir uma estratégia de Video Marketing para a sua empresa ou marca, não é uma ideia nova. O que mudou é a importância que o video está a ter em todas as plataformas e canais.

O video é a forma preferencial dos utilizadores consumirem conteudo.

Video não é mais só mais uma peça na sua campanha de marketing digital. É essencial para a divulgação da sua mensagem, especialmente nas redes sociais.

 

Obrigado por lerem:

Video marketing em 2019, razões para implementar na sua estratégia de marketing em 2019

Categories
Marketing Digital Recentes

7 Razões porque conteúdo video é essencial para a sua estratégia de marketing

- marina hanna G0DNvY08zYk unsplash 1024x683 - 7 Razões porque conteúdo video é essencial para a sua estratégia de marketing

7 Razões porque conteúdo video é essencial para a sua estratégia de marketing

Vídeo está a conquistar a internet como um furacão. Como resultado do stream-on-demand, a proliferação de vídeos nas redes sociais e nos vários dispositivos, o vídeo está a tornar-se, rapidamente, na maneira preferida de consumir conteúdo on-line. Mas como pode usar uma produção video como uma vantagem no marketing digital da sua empresa? Vejamos como o vídeo pode anular o design e até mesmo tornar-se na ferramenta mais versátil do seu arsenal de marketing digital.

Melhore os resultados nos motores de busca

Quer um atalho para a primeira página do Google? Faça uma produção video. Os vídeos têm 53 vezes mais hipóteses de conseguir um posicionamento na primeira página do que os sites que não têm. Agora, não há garantia, mas um vídeo profissional relevante e de qualidade cativa o utilizador muito mais rapidamente do que ler uma parede de texto. E se está numa indústria hiper competitiva, uma produção vídeo profissional pode ser a vantagem que precisa para se posicionar na frente.

As audiências são dez vezes mais prováveis de partilhar e de se envolver com video

- demian ignatjuk pIIaJXBsQuQ unsplash 300x200 - 7 Razões porque conteúdo video é essencial para a sua estratégia de marketingUm relatório do Content Marketing Institute mostra que, em comparação com seu típico blog típico ou artigo nas redes sociais , o público tem até dez vezes mais hipóteses de participar, incorporar e interagir com o vídeo. Com a alavancagem dos vídeos de reprodução automática no Facebook, poder compartilhar, comentar e gostar de um vídeo faz dele uma poderosa ferramenta de marketing digital viral.

Claro que isso também significa que, se deseja aproveitar o vídeo marketing para o seu produto, ele pode parecer menos um anúncio e mais como parte de um estilo de vida do utilizador.

“Marcas de estilo de vida” como Apple e Red Bull usam esse tipo de técnica para criar percepção nas mentes dos utilizadores e criar uma percepção do seu cliente ideal “por associação”.

O video tem feedback mensurável instantaneamente 

- s o c i a l c u t hCjo bIkVig unsplash 300x200 - 7 Razões porque conteúdo video é essencial para a sua estratégia de marketingPode contar a alguém sobre seu incrível novo produto… ou poderia apresentá-lo com um vídeo. Pode falar sobre o quão grande é a sua empresa, ou poderia dar aos clientes uma olhada dos bastidores de como é a vida na sua empresa. Os vídeos são mais partilhados e dizem mais do que o texto ou a fotografia, o que os torna praticamente ilimitados em termos de potencial de marketing digital e da sua utilização.

Pode realizar uma sessão de perguntas e respostas sobre o seu produto ou serviço nas redes sociais. Pode partilhar um vídeo que destaque os benefícios dos seus produto numa feira de negócios. Como pode ver, há uma ampla gama de opções o vídeo tem, que o texto ou fotografia simplesmente não pode proporcionar.

Video é ideal para marketing nos telemóveis

- plqml feliperizo co vOUHKkDi3fs unsplash 300x200 - 7 Razões porque conteúdo video é essencial para a sua estratégia de marketingOs utilizadores de dispositivos móveis estão sempre em movimento e simplesmente não têm tempo para ler um amontoado  constante de textos. Além disso, muitos websites ainda não são “responsivos” para dispositivos móveis, criando problemas com a formatação de texto e bom desempenho.

vídeo é padrão para toda a internet e pode ser visualizado até mesmo nos ecrãs mais pequenos, o que o torna numa ótima maneira de partilhar visualmente informações numa ampla variedade de smartphones e tablets.

 

Video Inspira Acção

- brooke lark cqOZcjOOmRw unsplash 300x200 - 7 Razões porque conteúdo video é essencial para a sua estratégia de marketingA Produção vídeo, especialmente as animações (videos em motion graphics e videos infográficos), podem dividir pontos complexos em pequenos pedaços, que os consumidores podem entender e relacionar.

O espectador pode aprender sobre a importância de várias ações e processos, e aprender como aplicar esses pontos no seu trabalho e na sua vida.

Por sua vez, ele é inspirado e movido a agir e partilhar essas informações com outras pessoas.

Em resumo, os consumidores estão a agir com base no que aprenderam e essa ação terá um efeito cascata nos outros.

Video Empowers Consumers

- con karampelas peLs78VbU50 unsplash 300x200 - 7 Razões porque conteúdo video é essencial para a sua estratégia de marketingQuando o consumidor entende um conceito vital e age de acordo com as informações apresentadas, ele sente-se fortalecido. Ele ganha a confiança de que necessita para tomar decisões informadas.

A sua perspectiva é deslocada, tem a mente aberta e tem os detalhes de que precisa para seguir em frente.

Esse sentimento, o texto simplesmente não pode replicar.

O consumidor percebe que o item ou a causa apresentada no vídeo pode causar impacto nas suas vidas e na vida das outras pessoas. Ele vê as necessidades básicas, como sendo atendidas e as expectativas sendo excedidas.

Video Marketing está para ficar

Como pode perceber, o video marketing não é uma tendência ou uma maneira de utilizar os motores de busca. Com os dispositivos móveis cada vez mais utilizados e o vídeo disponível em todos os seus sites favoritos e redes sociais, pode esperar que o video marketing torne-se ainda mais difundido e envolvente, pois os profissionais de marketing digital trabalham para encontrar a fórmula secreta – essa fórmula especial que converte o utilizador casual em utilizador ativo.

Quer saber mais sobre como tornar o video marketing e a produção video parte de suas campanhas promocionais e de anúncios digitais? Entre em contato conosco hoje mesmo!

Na PDavim Creative Agency  a alta qualidade e a impressionante atenção aos detalhes fazem o seu vídeo dizer mais do que palavras.

Categories
Tutorial Video

Como escolher um software de edição video

Como escolher um software de edição video  - jakob owens mQxttWjHFjA unsplash 1024x687 - Como escolher um software de edição video
Como escolher um software de edição video

Como escolher um software de edição video

Escolher um software de edição video, é uma das muitas preocupações de uma produtora video, mas também de muitos Youtubers ou simplesmente para alguém que quer editar um video das férias do verão.

Há vários factores que nos influenciam nessa escolha, e o preço não é o mais importante.

Antes de tudo temos de nos perguntar que tipo de filme pretendemos fazer, e para que vai servir? É para utilizar no seu website ou no seu canal de Youtube?Vai utilizar na sua próxima campanha de marketing digital da sua empresa ou simplesmente para editar as suas festa de aniversário?

Há uma grande diferença entre editar videos das férias ou fazer uma produção video para a Netflix ou para o cinema.

Já pensou nos formatos que vai precisar de exportar, 8K, 4K ou HD. Já pensou se pode executar os efeitos que pretende. E se está a colaborar com outros?, para isso o seu software de edição video tem de ser compatível com outros também.

Depois temos de analisar-nos enquanto editores video. Temos experiência como editores de video?, ou uma aplicação simples de edição, que nos conduz passo a passo por todo o processo, é o suficiente. Quer ter controle sobre toda a imagem, até ao pixel, ou prefere que o computador faço todo o trabalho? Quão “future proof” precisa que a sua aplicação video seja?

E depois temos o preço. Grande parte senão todas as aplicações video gratuitas são limitadas, mas nem todos os editores video são extremamente caros.

Como escolher um software de edição video pict 2  - wahid khene iKdQCIiSMlQ unsplash 1024x594 - Como escolher um software de edição video
Como escolher um software de edição video pict 2

Software Edição Video Gratuito ou Pago?

Obviamente, um software pago oferece outras ferramentas que os gratuitos não têm. Normalmente essas vantagens vêm na forma de recursos, seja ao nível da performance, seja uma melhores efeitos, melhores integrações com hardware ou outras aplicações, etc., tudo o que um editor video profissional pode necessitar.

Se é profissional, tempo é dinheiro, por isso paga-se para se poupar tempo, seja tempo no render do nosso video ou tempo que não temos para gritar “Porque a mim!!???? PORQUÊ?!!!?!?!!”, quando a aplicação não tem o que necessitamos ou “crasha” a meio de uma edição video.

As aplicações gratuitas são direcionadas a um utilizar menos exigente. Isso não quer dizer que não se alcancem grandes coisas. Porque conseguem. Mas normalmente têm uma abordagem um pouco simples focada no básico e não dá grande controle sobre o pormenor.

Que características procurar num software de edição video?

É uma questão que depende muito de cada um e do seu objectivo. Por exemplo, pode não precisar de muitos efeitos especiais porque vai só fazer uma edição de video simples e colar os clipes do aniversário da nossa mãe. Mas há outras coisas a considerar.

Que formatos e resoluções a nossa aplicação suporta? Consigo utilizar o material que capturei com a minha camara de video?

Vou precisar de um “green screen” ou de um efeito “picture in picture” ( se é um Youtuber, a resposta é provavelmente sim) Consigo partilhar directamente com as redes sociais, e isso é o que necessita?

Quantas pistas de áudio vou precisar e o software suporta?

Se é uma aplicação “móvel consegue transferir o material para o seu computador?

Há inúmeros factores, como podemos ver, que influenciam uma escolha de um software de edição video. O importante é termos uma boa noção do que queremos como video final para a nossa produção audiovisual, depois começamos a ver que ferramentas nos possibilitam esse fim, e assim conseguimos escolher com mais exatidão a aplicação que se adapta melhor às nossas necessidades enquanto editores de video.

Boas produções video!

Categories
Marketing Digital Recentes

5 Regras para otimização de videos para YouTube

- christian wiediger 598840 unsplash 1024x683 - 5 Regras para otimização de videos para YouTube

Pode ter o próximo video viral em suas mãos, mas se ninguém conseguir encontrá-lo, ele não alcançará o alcance que merece.

Mas muitas pessoas não sabem que a otimização de vídeos pode ser tão importante. O YouTube é o segundo mecanismo de pesquisa mais popular do mundo, apesar de pesquisar apenas o seu conteúdo. É usado por mais de 1 bilhão de pessoas todos os meses e um grande número delas pesquisa vídeos usando termos de pesquisa genéricos.

Otimizar o seu conteúdo, para que os usuários o encontrem quando digitam as palavras-chave relevantes, é relativamente simples. E quando as pessoas encontrarem o seu canal, pode fazer muito para garantir que ele funcione o mais possível.

Como garantir que as pessoas encontrem o seu canal de Youtube?

A indexação de vídeos pela Google não leva em consideração os números de visualização no Youtube. Mas o YouTube sabe quantas pessoas assistiram, classificaram e compartilharam cada vídeo e levam todas essas informações em consideração ao apresentar os resultados. De fato, muitos fatores têm impacto nos rankings, incluindo metadados, engajamento, visualizações e links de entrada.

O esforços na otimização não devem ser interrompido quando as pessoas encontrarem seu canal do YouTube. Com um pouco de trabalho extra, pode transformar um simples canal YouTube numa máquina de marketing perfeita, seja para aumentar a conscientização, gerar leads ou encantar seus fãs.

- rachit tank 625173 unsplash 1024x683 - 5 Regras para otimização de videos para YouTube

5 Regras para otimização de videos para o YouTube

1. Estrutura

A navegação é a chave!, vai querer que o conteúdo de vídeo seja o mais fácil possível de aceder para os espectadores. Recomendamos segmentar seus vídeos em playlists, que devem ser exibidos na página inicial de seu canal.

2. Atraente

O YouTube é um canal visual, então tudo sobre a sua empresa ou marca precisa de ser visualmente atraente. Adicione um ícone de canal (provavelmente seu logotipo), adicione uma produção video consistente com sua marca e garanta que todas as miniaturas de vídeo sejam de boa qualidade.

3. Consistência

O seu canal deve expressar uma mensagem coerente e consistente sobre sua empresa. Crie títulos e descrições de vídeos que representem na marca, além de serem claros, concisos e precisos.

4. Compromisso

No final do dia, o seu canal do YouTube é tão bom quanto o conteúdo de vídeo e o envolvimento com a comunidade. Isso significa manter o conteúdo atualizado adicionando uma nova produção vídeo regularmente e respondendo a comentários ou perguntas. E mais uma vez, isso significa incluir conteúdo de alta qualidade que seja relevante para o seu público.

5. Convincente

Idealmente, não quer apenas que as pessoas assistam aos seus vídeos. Quer que eles acompanhem o que viram. Apelos à ação e links nos seus vídeos para direcionar os visitantes para todas as coisas boas do seu Website. Inclua links para seu website, além de todas as suas outras páginas de social media, na página inicial do seu canal.

Categories
Marketing Digital Recentes

6 melhores ferramentas para acelerar campanhas de marketing para conteúdo digital

- power digital marketing 1571029 unsplash 1024x768 - 6 melhores ferramentas para acelerar campanhas de marketing para conteúdo digital

As 6 melhores ferramentas para acelerar as campanhas de marketing do seu conteúdo digital

Os profissionais de marketing de conteúdo necessitam de uma ferramenta prática de marketing de digital. Neste artigo falo sobre, para mim, quais são as 6 melhores ferramentas para acelerar as campanhas de marketing do seu conteúdo.

 

1. Sniply

Resumindo, o Sniply é um serviço de “encurtamento” de URLs .

Mas o que realmente o distingue de várias outras ferramentas de encurtamento de URL é ela permitir que os profissionais de marketing de conteúdo tragam mais tráfego segmentado e ajudem a transformar utilizadores em clientes.

O melhor do Sniply é que permite que os usuários usem  “iFrame” para incorporar “snips” ou apelos à ação, como botões, formulários, links e banners no conteúdo de outro webmaster. Basta descobrir conteúdo valioso on-line, adicionar o URL ao Sniply e compartilhar o link personalizado para sua rede.

Sempre que sua rede clica no link partilhado, eles chegam ao artigo original. Mais importante, no entanto, eles poderão ver um popup sobreposto nesse artigo, completo com sua frase de chamariz.

Mas Sniply não é perfeito …

Com relação aos serviços de encurtamento de URL, muitos profissionais de marketing de conteúdo confiam no Google Goo.ge para isso. Mas o gigante das buscas já suspendeu o suporte para o console goo.gl desde 13 de abril de 2018, e suspendeu o serviço em 30 de março de 2019.

No entanto, algo mais pode estar a motiva-lo a encontrar as melhores alternativas Sniply além de usar Sniply.

- sniply watch video - 6 melhores ferramentas para acelerar campanhas de marketing para conteúdo digital

Caso em questão:

Uma questão importante com o Sniply é que um grupo de webmasters acha que o que o Sniply faz é antiético e equivale a plágio. E isso pode ser uma razão para querer procurar alternativas eficazes e acessíveis.

Afinal de contas, ferramentas como a FrameBuster de Dustin Stout para bloquear o Sniply podem prejudicar seus prospectos de ROI da Sniply no futuro.

Esta artigo pretende ajuda-lo a encontrar uma curadoria de conteúdo, um encurtador de URL ou uma combinação de ambos como um substituto confiável para o Sniply, que não pareça intrusivo ou antiético.

2. Back.ly

Com Back.ly, o foco está em retornar mais tráfego nos links que compartilha do que em encurtamento de URL – uma excelente alternativa Sniply no que diz respeito à curadoria de conteúdo. Está praticamente apanhando boleia no conteúdo e sobrepondo uma frase de chamariz num site de terceiros.

Além disso, pode adicionar mensagens personalizadas para injetar originalidade nos seus links e aumentar a confiança e a fidelidade do cliente.

- backly - 6 melhores ferramentas para acelerar campanhas de marketing para conteúdo digital

Comparado ao Sniply, pode usar o Backly para criar mensagens altamente direcionadas usando mais personagens do que faria com o primeiro.

Isso é excelente se precisar fazer um pouco de qualificação de persuasão para aumentar as conversões. Além disso, tem a opção de adicionar pixels de remarketing personalizados junto com cada mensagem vinculada. Mas pode decidir não incluir mensagens e ainda usar seus pixels personalizados para redirecionar os leitores mais tarde.

Ainda assim, pode criar várias chamadas à ação para diferentes páginas de destino, páginas de produtos e páginas de vendas. Se usa produtos afiliados, também pode vinculá-los a ele. E se quiser redirecionar o tráfego para uma página específica em seu blog, também o poderá fazer.

Um pormenor sobre o Backly, no entanto, é que ele é projetado para curar conteúdo social, não tanto artigos.

Terá várias opções de integração ao se inscrever. As integrações suportadas tornam possível e fácil selecionar conteúdo de praticamente qualquer plataforma de social media.

3. Bitly

Bitly é um popular serviço de encurtamento de URL entre os profissionais de marketing de conteúdo pela sua simplicidade. É mais um provedor de gerenciamento de links do que uma mera plataforma de encurtamento de links para os profissionais de marketing e outros.

Com o Bit.ly, pode criar links de marca, domínios curtos que falam o idioma da sua marca, nas suas cores e com seu público-alvo. Melhor ainda, pode substituir o bit “Bitly” numa criação pelo nome da sua marca para garantir que seu público saiba que é você.

bitly-logo  - bitly logo - 6 melhores ferramentas para acelerar campanhas de marketing para conteúdo digital

Ainda assim, Bitly permite que os usuários acedam a uma quantidade de análises relevantes. Os dados estão disponíveis num só lugar, o OneView. A partir daí, pode acompanhar os seus links para coletar insights sobre as experiências dos seus visitantes em cada canal e link.

Como o Sniply, o objetivo é ajudar os profissionais de marketing de conteúdo a fornecer conteúdo engenhoso para os seus clientes e produtos, mas o Bitly vai além e permite que acompanhe as experiências do cliente.

E ainda, nas experiências do cliente, o serviço de domínio curto fornece uma ferramenta para ajudá-lo a redirecionar os seus visitantes para a melhor experiência de visualização possível, dependendo do dispositivo em que utiliza para a visita.

Profissionais de marketing e desenvolvedores também podem aproveitar a API Bitly e integrações como Buffer, HootSuite, Salesforce e Sprinklr para realizar tarefas como personalizar domínios curtos e partilha social.

4. Ow.ly

Veja outra alternativa para os mais interessados ​​num serviço de encurtamento de URL.

Como as alternativas Sniply deste artigo, o Ow.ly faz mais do que encurtar links longos. Não apenas pode fazer isso imediatamente, mas também pode partilhar vídeos, imagens e arquivos em vários os tipos de formatos diferentes, usando o Ow.ly.

- owl - 6 melhores ferramentas para acelerar campanhas de marketing para conteúdo digital

Aqui está o a questão com Ow.ly:

HootSuite possui Ow.ly. E HootSuite é uma plataforma líder de programação de media social, curadoria de conteúdo e análise para muitos profissionais de marketing online.

O que isso significa é que pode aproveitar o poder do HootSuite ao usar o Ow.ly. Na verdade, a empresa-mãe integrou o Ow.ly no seu dashboard, para que os utilizadores possam aproveitá-lo de forma fácil e visível.

O Ow.ly também é de graça com uma conta gratuita do HootSuite, embora, se precisar de mais recursos e benefícios, deve adquirir um plano do HootSuite que atenda às suas necessidades. No entanto, a ferramenta é melhor para os usuários do HootSuite, porque o Ow.ly está directamente relacionado à ferramenta de curadoria de conteúdo do HootSuite.

Mas se não tiver problema com isso, também terá a extensão do Hootlet para encontrar, programar e publicar conteúdo enquanto você e os membros da sua equipa navegam na web.

Com as integrações e a API do Ow.ly, pode personalizar a forma como seu público-alvo acessa e visualiza suas curadorias, além de permitir que se conecte ao seu serviço de nuvem para salvar ou recuperar conteúdo curado para publicação.

5. RetargetLinks

As semelhanças Sniply e RetargetLinks são abundantes – além de ambas operarem de Vancouver.

Por exemplo:

  • Ambos permitem aos usuários encurtar links longos.
  • Não apenas isso, mas pode usar os nomes de domínio abreviados para compartilhar conteúdo por e-mail, media social, programas de marketing afiliado e pesquisa.
  • Ambos têm modelos freemium que facilitam para os usuários em potencial testá-los. No entanto, com uma assinatura paga, pode exibir anúncios segmentados para pessoas que clicam nos links encurtados.

retargeting  - retargeting 1024x482 - 6 melhores ferramentas para acelerar campanhas de marketing para conteúdo digital

Mas os dois também diferem de várias maneiras.

Enquanto o Sniply permite que adicione um apelo à ação na parte compartilhada do conteúdo, o RetargetLinks oferece um total de 15 banners de anúncios reais, exibindo-os por um período de 2 a 3 semanas, dependendo dos hábitos de navegação do site e da pessoa que interagiu com um determinado link.

Para extrair a tarefa de 3 semanas, o RetargetLinks usa uma tecnologia exclusiva que eles chamam de retargeting de link (patenteado). É basicamente sobre cookies “seguir” as pessoas que clicam nos links encurtados.

O RetargetLinks exibe conteúdo e anúncios sobre o conteúdo de outros sites. Mas, ao contrário de Sniply, eles pagam aos editores. Isso significa que não precisa se preocupar com o bloqueio de anúncios / CTAs como em pop-ups do Sniply.

Além disso, embora o preço Sniply ofereça um modelo de assinatura mensal, o RetargetLinks oferece uma taxa baseada em CPM de  8€ por 1.000 impressões.

6. PixelMe

Tal como o Sniply, o PixelMe tem seus fundamentos básicos no encurtamento de URL. No entanto, ele é uma das melhores alternativas ao Sniply, porque pode fazer mais do que encurtar links longos.

  1. Primeiro, pode usar a ferramenta de redução de link com pixels de redirecionamento dos anúncios do Google, anúncios do LinkedIn, Facebook e Twitter.
  2. Em segundo lugar, a ferramenta permite converter links que compartilha em anúncios segmentados.
  3. E então pode medir e analisar todos os pixels de redirecionamento num só lugar.

- PixelMe - 6 melhores ferramentas para acelerar campanhas de marketing para conteúdo digital

O PixelMe permite que visualize o número de cliques exclusivos em relação ao total de cliques. Ainda assim, pode visualizá-los em ordem por país, navegador, dispositivo, pixel e sistema operativo.

Tem uma série de integrações com plataformas de marketing e automação de emails.

Com 7 dias de teste , os profissionais de marketing podem ficar com uma ideia do PixelMe antes de assinar um pacote, embora o Sniply ofereça uma avaliação mais longa durante 14 dias.

Pensamentos finais

Um prático redutor de URL, remarketing e ferramenta de curadoria de conteúdo, pode potencializar as suas campanhas de marketing de conteúdo, ajudando-o a gerir a produção de conteúdos de promoção e divulgação da sua marca ou empresa.

As ferramentas discutidas aqui oferecem recursos exclusivos que visam beneficiar os profissionais de marketing online que procuram outros serviços web de marketing digital além da redução de URLs.

Categories
Alojamento/Hosting Computadores Wordpress

4 Melhores Hostings de Sites WordPress – Web – Português em 2019

- microsoft certified solutions expert mcse server infrastructure - 4 Melhores Hostings de Sites Wordpress – Web – Português em 2019
melhores servidores alojamento sites wordpress

servidores alojamento wordpress

4 melhores servidores alojamento sites wordpress

Um dos problemas que enfrentamos quando queremos criar um site é escolher em que empresa vamos registar o nosso domínio e que servidores alojamento wordpress vamos escolher.

As razões que são importante quando escolher um bom serviço de servidores alojamento WordPress e alojamento de sites são um serviço que seja rápido, seguro, bom suporte, escalabilidade, updates backups automáticos.

Alguns pontos que considero que temos de ter atenção quando escolhemos servidores alojamento Wordpress e alojamento de sites são:

  • Serviços/Soluções disponíveis;
  • Custo;
  • Velocidade e qualidade do apoio ao cliente;
  • Capacidade de inovar;
  • Localização do servidor.

Apesar desta lista ser reduzida, e não estarem por ordem de importância, são na minha opinião os 3 melhores servidores alojamento WordPress em Português.


IBERWEB | 3 Melhores Servidores Alojamento WordPress | Web | Português | 2018  - iberweb logo 1024x608 - 4 Melhores Hostings de Sites Wordpress – Web – Português em 2019
IBERWEB | 3 Melhores Servidores Alojamento WordPress | Web | Português | 2018

IBERWEB

A IBERWEB é uma das mais antigas empresas em Portugal na area do alojamento de sites e registo de domínios. Os seus servidores estão localizados em Portugal e tem clientes em todo o mundo, afirmando a sua posição em soluções economicas em cloud e servidores dedicados.

Seja para alojar o seu site wordpress ou para registar o seu dominio, a IBERWEB é sem dúvida um parceiro a ponderar.

 

SABER MAIS IBERWEB

 

 

 


PTSERVIDOR | SERVIDORES DE ALOJAMENTO WORDPRESS   - logo 1 - 4 Melhores Hostings de Sites Wordpress – Web – Português em 2019
PTSERVIDOR |servidores alojamento wordpress

PTSERVIDOR

PTServidor nasceu em Junho de 2006 visando colmatar lacunas existentes no mercado web. Iniciaram-se como ENI mas desde cedo construíram uma evolução positiva, sustentada e vocacionada para o cliente que, juntamente com a aposta na constante inovação técnica e tecnológica fez com que em 2009 a PTServidor obtivesse o estatuto de Marca Nacional Registada. Desde o primeiro trimestre de 2010 a PTServidor encontra-se integrada no pool de serviços da empresa Sampling Line – Serviços e Internet, Lda.

PTServidor é reconhecida por aliar, na perfeição, qualidade de serviços com preços convidativos juntando a nossa reconhecida experiência de mais de 9 anos de mercado ao nosso imbatível suporte ao cliente que estará ao seu lado 24 horas por dia, 7 dias por semana independentemente da época do ano ou festividade para que o seu negócio esteja sempre em boas mãos.

Com um serviço vasto desde o registo de domínios, alojamento web, servidores dedicados, housing/colocation, entre outro serviços, é uma excelente alternativa de alojamento para o seu site WordPress e servidores alojamento wordpress.

 

SABER MAIS PTSERVIDOR

 

 


WEBHS | SERVIDORES DE ALOJAMENTO WORDPRESS EM PORTUGUÊS  - logo - 4 Melhores Hostings de Sites Wordpress – Web – Português em 2019
WEBHS | servidores alojamento wordpress

WEBHS

A WebHS surge em 2002 como marca da empresa WebSP, Lda para comercialização online de serviços de alojamento de conteúdos, em ambiente partilhado e / ou dedicado, registo de domínios e soluções de backup profissional. Com uma visão de ser uma empresa que está a par das necessidades do cliente, permitindo-lhe actuar rapidamente na oferta e melhoria dos serviços prestados.

É uma das principais empresas no mercado em servidores alojamento wordpress e websites.

Um dos pontos de destaque na WEBHS é o suporte técnico que tem como filosofia a simplificação do trabalho do cliente, tendo técnicos que irão resolver o problema directamente, reduzindo o tempo de suporte.

Semelhante aos outros 2 servidores alojamento wordpress e para alojamento web, tem serviços de registo de domínios, alojamento web, servidores dedicados, housing/colocation.

Também com bastantes promoções para novos clientes e para os  já existentes para serviços de servidores alojamento wordpress e websites.


DOMINIOS.PT | SERVIDORES DE ALOJAMENTO WORDPRESS PORTUGUÊS  - new logo2018 - 4 Melhores Hostings de Sites Wordpress – Web – Português em 2019
DOMINIOS.PT |servidores alojamento wordpress

DOMINIOS.PT

A DOMINIOS.PT Implementada no mercado português desde 2001, a Dominios.pt tem uma grande experiência na area de registos de domínios, alojamento web, housing de servidores.

Com Soluções para todas as necessidades e carteiras, tem um site bastante simples para registarmos o nosso domínio e  alojarmos o nosso site.

O nossa área de cliente na DOMÍNIOS.PT é bastante simples e conseguimos fazer praticamente todo o que tem a ver com a gestão dos nossos DNS e registos de domínios.

O back office do nosso site, o CPANEL, é bastante completo, com bastantes serviços disponíveis para os mais exigentes. O CPANEL vem instalado com o Softaculouso que nos permite fazer a instalação de inúmeras aplicações incluíndo o WordPress.

A velocidade de resposta de tickets é ótima, dando um apoio e acompanhamento eficaz aos problemas que nos podem surgir.

É sem duvida uma opção como servidores alojamento wordpress .

 

SABER MAIS DOMINIOS.PT

 


Ver Também:

como melhor a visibilidade da sua empresa 4 Ideias para melhorar a visibilidade do seu  negócio online

Que qualidades deve ter um serviço de web hosting para o meu site?


servidores alojamento wordpress

3 Melhores Servidores Alojamento WordPress