O que é um servidor DNS e que influência tem no nosso website?

O que é um servidor DNS?

Quando os utilizadores digitam nomes de domínio na barra de URL do navegador, os servidores DNS são responsáveis ​​por converter esses nomes de domínio em endereços IP numéricos, levando-nos ao site correto.

O que é um servidor DNS?

O sistema de nomes de domínio (DNS – Domain Name System) é a lista telefônica da Internet. Quando os utilizadores digitam nomes de domínio como “google.com” ou “nytimes.com” ou “pdavim.com” nos navegadores de Web, o DNS é responsável por encontrar o endereço IP correto para esses sites. Os navegadores usam estes endereços para comunicar com os servidores de origem para aceder às informações do site. Basicamente, um servidor DNS é um servidor que contém um banco de dados de endereços IP públicos e os nomes dos host associados e, na maioria dos casos, serve para resolver ou converter esses nomes em endereços IP, conforme solicitado.Tudo isso acontece graças aos servidores DNS: máquinas dedicadas a responder a consultas DNS.

O que é um servidor?

Um servidor é um dispositivo ou programa dedicado a fornecer serviços para outros programas, chamados de “clientes”. Os clientes DNS, integrados aos sistemas operacionais móveis e de desktop mais modernos, permitem que os navegadores da Web interajam com os servidores DNS.

Como é que os servidores DNS resolvem uma consulta DNS?

Numa consulta DNS típica sem armazenamento em cache, existem quatro servidores que trabalham juntos para fornecer um endereço IP ao cliente: resolvedores recursivos, servidores de nomes raiz, servidores de nomes de TLDs e servidores de nomes autorizados.

O DNS recursor (também conhecido como DNS resolver) é um servidor que recebe a consulta do cliente DNS e depois interage com outros servidores DNS, à procura do IP correto. Depois que o resolvedor recebe a solicitação do cliente, consulta de seguida os outros três tipos de servidores DNS em busca do IP correto.

dns-lookup-diagram dns O que é um servidor DNS e que influência tem no nosso website? dns lookup diagram
dns-lookup-diagram

 

Primeiro, o DNS resolver consulta o servidor de nomes de raiz. O servidor raiz é a primeira etapa na tradução (resolução) de nomes de domínio legíveis por humanos em endereços IP. O servidor raiz responde ao DNS resolver com o endereço de um servidor DNS de domínio de primeiro nível (TLD) (como .com ou .net) que armazena as informações de seus domínios.

Em seguida, o DNS resolver consulta o servidor do TLD. O servidor do TLD responde com o endereço IP ou o servidor de nomes autorizado do domínio. O DNS resolver consulta o servidor de nomes, que responderá com o endereço IP do servidor de origem.

O DNS resolver finalmente passará o endereço IP do servidor de origem de volta ao cliente. Usando esse endereço IP, o cliente pode iniciar uma consulta diretamente no servidor de origem e responderá enviando dados do site que podem ser interpretados e exibidos pelo navegador.

O que é cache?

Além do processo descrito acima, os resolverers recursivos também podem resolver consultas DNS utilizando dados em cache. Após recuperar o endereço IP correto para um determinado site, o resolvedor armazenará as informações em cache por um período limitado de tempo. Durante esse período, se outros clientes enviarem solicitações para esse nome de domínio, o resolvedor poderá ignorar o processo típico de pesquisa de DNS e simplesmente responder ao cliente com o endereço IP salvo no cache.

Depois que o limite de tempo de armazenamento em cache expirar, o resolvedor deverá recuperar o endereço IP novamente, criando uma nova entrada em cache. Esse limite de tempo, chamado de tempo de vida (TTL), é definido explicitamente nos registros DNS de cada site. Normalmente, o TTL está no intervalo de 24 a 48 horas. Um TTL é necessário porque os servidores de Web ocasionalmente alteram seus endereços IP, para que os resolverers não possam servir o mesmo IP do cache indefinidamente.

O que acontece quando os servidores DNS falham?

Os servidores DNS podem falhar por vários motivos, como falta de energia, ataques cibernéticos e mau funcionamento do hardware. Nos primeiros dias da Internet, as interrupções no servidor DNS tinham um impacto relativamente grande. Felizmente, hoje há muita redundância embutida nos DNSs. Por exemplo, existem muitas instâncias dos servidores DNS raiz e servidores de nomes de TLDs, e a maioria dos ISPs possui resolverers recursivos de backup para seus utilizadores. (Utilizadores individuais também podem usar resolverers de DNS públicos, como o 1.1.1.1 do Cloudflare.) .

No caso de uma grande interrupção do servidor DNS, alguns utilizadores podem sofrer atrasos devido à quantidade de solicitações que são tratadas pelos servidores de backup, mas seria necessário uma interrupção do DNS de proporções muito grandes para tornar indisponível uma parte significativa da Internet. (Isso realmente aconteceu em 2016, quando o provedor de DNS Dyn sofreu um dos maiores ataques DDoS da história). A Cloudflare oferece um serviço de DNS gerenciado que vem com segurança DNS interna, destinada a proteger os servidores DNS de ataques, bem como outras fontes comuns de falha do servidor.

DNS servers, notas finais

Na realidade, quando adquirimos um domínio e alojamento para o nosso site, em empresas como a DOMINIOS.PT, PTSERVIDORES ou IBERWEB, na nossa gestão do domínio podemos aceder, alterar e associar serviços (ex. Cloudflare) ao nosso endereço de DNS, mas não é aconselhado a não ser que tenham os conhecimentos para o fazer. Se surgirem problemas no servidor onde o vosso site seja um site WordPress ou uma webApp, está alojado, a melhor forma de é contactar o administrador do vosso servidor e expor o problema 🙂

Leave a Reply